#3 Entre verbos - Porque o amor é isso, e mais nada

sexta-feira, junho 28, 2013

                ChocolateEffeCT  | via Tumblr

                Quando você sorri, covinhas aparecem em cada uma de suas bochechas e seus olhos ficam puxados, brilhantes. Quando você ri, sai um som maravilhoso de você e seus ombros se levantam e depois caiem depressa. Quando você canta, parece que nada mais existe. Apenas eu e você.

                Quando você diz meu nome, ele fica mais lindo do que jamais foi, e parece que sua voz fica mais doce ao dize-lo, ou talvez seja apenas minha imaginação. Quando você se encanta com algo, dá um sorriso de lado e seus olhos radiam. Quando se aborrece, olha para baixo, balança a cabeça em um “não” devagar e da de ombros. Quando você sente dor física faz uma careta e agüenta tudo calado. Quando é por dentro, apenas aguenta. Você é forte e te admiro por isso. Ainda mais quando tem que se proteger de mim mesma. Desculpa por agir assim. Como se quisesse te ferir. Quando você me beija sinto meu mundo todo parar e me sinto imensamente feliz. Seus beijos são quentes e me deixam confortável. Confortável e segura.

                 Quando você diz que me ama, você da um sussurro, calmo, sereno e seus olhos brilham. Sei que é verdade cada letrinha. Cada um do meu respirar lhe pertence. Cada piscar de olhos é teu. Cada fio de cabelo foi feito para você. Quando você me abraca sou capaz de sentir o meu coração fraco tentando acompanhar as batidas do seu.  Porque é isso que eu acredito ser amor: um coração tentando acompanhar as batidas de outro.

Você também vai amar:

0 comentários

Subscribe