Resenha de Se houver amanhã, de Sidney Sheldon

sábado, outubro 12, 2013




Olá, meu nome é Honorato Silva e estou aqui para fazer mais uma resenha para vocês.

       Resumo: A vida da jovem Tracy Whitney muda drasticamente quando, vítima de uma ação criminosa, ela é condenada por um crime que não cometeu. Rejeitada pelo homem que amava e abandonada à própria sorte, Tracy se vê sozinha em um mundo violento e sombrio. Depois de cumprir pena e ter de volta sua liberdade, ela só tem um objetivo: vingar-se dos homens que a colocaram injustamente na prisão. Para isso, ela se torna uma expert em disfarces e especialista em aplicar golpes em empresários inescrupulosos. Mas seus planos podem ir por água abaixo quando o destino coloca em seu caminho um poderoso rival, Jeff Stevens, um irresistível trambiqueiro.

      Esse foi o primeiro livro que li e que se pode dizer que meu amor por livros começou. Sidney Sheldon é um escritor simplesmente completo seus diversos livros sempre com novidades e historias que te pegam do começo ao fim. A historia foca na sua personagem principal, Tracy Whitney, que planeja se casar com Charles Stanhope III e tem a vida completamente destruída após saber que sua Mãe, Doris Whitney, se suicidou. Atrás de vingança ao principal suspeito Joe Romano, um homem muito poderoso, ela vai a sua casa armada para poder matar Joe. Só que as coisas não dão muito certo, e depois de ser enganada por seu advogado, Tracy acaba indo a prisão. Na prisão Tracy passa os piores momentos de sua vida já que as presidiárias fazem da sua vida um inferno lá dentro. 

     Depois de algumas reviravoltas no livro (vocês tem que ler pra saber haha) Tracy sai da prisão e segue a vida dando golpes em banqueiros super milionários ao redor do mundo, mas no meio do caminho, Tracy pode se dar mal já que Jeff Stevens é tão bom quanto Tracy em dar falcatruas em banqueiros, o que pode tornar suas vida difícil. Vale lembrar que Jeff é um galanteador e super irresistível, o que deixa Tracy em duvidas se pode realmente confiar no amor de Jeff.

     O livro termina em um suspense que deixa você querendo uma continuação. Pena que nunca vamos ter (triste) já que Sidney Sheldon morreu aos 89 anos. Boa leitura a todos e espero que gostem do livro tanto quanto eu gostei.




Você também vai amar:

5 comentários

  1. amei a resenha, deu vontade de ler :(

    www.karlagisella.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu amo Sidney... Tenho todos os livros dele! rsrsrsrsrs... Eu adorei este livro. É maravilhoso.
    Leia do Sidney: O outro lado da meia-noite, e, depois, Lembranças da meia-noite (continuação do primeiro). Simplesmente fantásticos!
    Indico também O caso dos dez negrinhos, de Agatha Christie, é o melhor livro escrito por ela! A gente só descobre o assassino literalmente na última página, portanto não leia o fim, ok?
    Beijos!!!

    ♡ Blog: SolteirasNoivasCasadas.com

    ♡ Fan Page: facebook/SolteirasNoivasCasadas

    ResponderExcluir
  3. Cara, adoro esse autor! Mas tem tantos dele que eu me perco na hora de comprar!
    Obrigado pela resenha!

    http://josyarr.blogspot.com.br/2013/10/eu-continuo-costurando-para-barbies_12.html

    ResponderExcluir
  4. Como não ficar envolvido na escrita do Mr, Sheldon, ele é simplesmente fantástico, tenho quase todos os livros dele, mas esse eu ainda não li, pelo visto parece ser muito bom (o que não é de se estranhar, é Sidney Sheldon né), o meu favorito é o "Conte-me seus sonhos" já leu?


    Abraços
    http://des-construindooverbo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. As personagens de Sheldon são carismáticas demais. É difícil escolher a melhor. Catherine, Jennifer, Paige e Lara são as minhas preferidas, mas as mulheres tem uma predileção pela Tracy. No meu blog há um post sobre as mulheres da literatura mais admiradas pelas leitoras, se quiserem conferir:
    http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/2014/05/livros-em-lista-sete-mulheres-que-as.html

    ResponderExcluir



Subscribe