#Desabafo: Amar é uma droga!

sexta-feira, novembro 29, 2013


b u b b l e t e a ☂

Já faz muito tempo que eu não posto um desabafo, mas isso não quer dizer que eu não estou os recebendo e os respondendo. Eu fiquei e estou muito feliz com o retorno de vocês, e a confiança depositada em mim, e é com muito orgulho que eu digo que eu estou cheia de desabafos para responder ♥ ♥ Então, muito obrigada garotas e garotos por confiarem em mim e estarem dispostos em ouvirem os meus conselhos.

    Bom, o desabafo de hoje é, nada mais, nada menos, sobre o amor. Essa coisa estranha, que mexe com as nossas cabeças e nos fazem simplesmente irracionais. Quem desabafou comigo foi a Luana V. de São Paulo, e ela tem 19 anos; Eu escolhi postar o desabafo dela, porque o conselho que eu dei pode ajudar várias garotas por aí e além disso ela está trocando bastantes e-mail comigo contando sobre o desempenho dela. Então, vamos ler *w*

 Luana V., 19 anos
      Sempre fui o tipo de garota denominada como ''a coração de pedra'' e afins, mas em 2009 isso mudou. Morava em outra cidade e voltei para a cidade e bairro onde morei na infância... Mal sabia eu o que me aguardava. Justamente na rua em que fui morar, conheci o rapaz que simplesmente dilacerou meu coração e feriu meus sentimentos como sei que nunca ninguém conseguirá fazer igual. O nome do indivíduo? Gustavo.Tinha uma fama de ''eu sou o senhor sem compromisso''. Aquele tipinho popular que está pouco se importando com o sentimento alheio, sabe? Pois bem, eu chata como sempre e de coração blindada (pelo menos eu achava),o esnobava e desprezava ,até que, em um infeliz dia nos beijamos pela primeira vez. Nunca soube responder para mim mesma como cheguei naquele ponto de total descontrole sobre mim mesma.

     Enfim,os tempos foram passando e ele e eu indo e vindo... Ele me magoando e eu? Ah,eu perdoando sempre.Parecia que algo me dominava e eu mesmo sabendo que ele nunca mudaria não tinha forças para reagir em minha defesa. Ele dizia que queria compromisso, eu sabendo que era uma mentira, mas mesmo assim o aceitava. Nossa, tente imaginar eu indo e vindo com ele de 2009 a 2011...Deus,aquele menino era o TORMENTO e AMOR da minha vida! (...) Nunca me esquecerei do dia em que completei 17 anos... Ele me ligou na manhã do meu aniversário dizendo que era para eu cancelar quaisquer que fossem meus planos para aquele dia. E sabe o que fiz? Cancelei e fiquei a espera dele, como ele disse que era para eu fazer. Ele NUNCA apareceu para me levar para festejar o meu aniversário.

       Bom,em 2012 tentei superar,o que foi surpreendentemente difícil. Comecei a conhecer novos rapazes e namorar com um no dia 20/04/2012,com quem estou até hoje... Mas ainda amando o tal Gustavo. O amor é uma droga! Acredite ou não...eu acordo pensando no Gustavo,eu durmo pensando no Gustavo. É HORRÍVEL,afinal,eu tento um namorado SUPER carinhoso, meigo, romântico e sensível. 


 Resposta do desabafo + Dica
       Luana, eu diria para você tentar tirar o Gustavo da cabeça, mas eu sei que você já deve ter tentado isso, e simplesmente falar para você esquece-lo não fará com que isso ocorra. Então, eu tenho uma pequena dica para você: Tente gerar na sua cabeça uma imagem de Gustavo nova. Toda vez que for lembrar dele, lembre dele vestindo roupa de balé por exemplo, faça a ideia dele ser algo ridículo em sua cabeça, você pode tentar? Mas tem que ser uma imagem ridicula assim mesmo, não algo que te faça sentir pena, mas algo que te faça ver que ele é ridículo e que te faça rir. 


    Então, essa foi a dica que eu dei para a Luana; Nós trocamos alguns e-mail, e ela disse que estava tentando fazer o que eu disse, e disse:

        "Olá,a situação está melhor por um lado e pior por outro... O lado bom é eu estar me controlando e não estar fuçando feito doida o facebook dele, nem sequer colocando o nome dele em minha boca, afinal, estava pensando...não devemos colocar lixo em nossas bocas,não é mesmo? (risos) Por outro lado é ruim porque minha irmã tem o Sr. Babaca no face dela,e como a mesma usa a minha net todo santo dia, ela fica fuçando o face dele e declarando com todas as letras tudo o que se passa.Odeio isso!

  [sobre a dica de tornar a imagem do Gustavo em algo ridícula] 
Eu imaginei ele vestido com aquela fantasia de coelhinha sexy,sabe qual é? Aquela na qual é muuuuito famosa em filmes americanos adolescentes.Imaginei ele chegando em quaisquer os lugares que fossem,contanto que fosse um dos favoritos dele e na ilustre presença dos ''amigões'' do mesmo.Deu um pouco certo porque ele é MEGA popular,entende? Toda vez que imagino eu dou muita risada.
E estou aprendendo que nessa vida ficar sentada não vai adiantar de nada, muito pelo contrário.Que temos de ser fortes ,e começar a pensar um pouco com a razão também. (...)"

 Dicas para você que não consegue esquecer uma pessoa
  1. Tente ligar a imagem da pessoa na sua cabeça com algo que te faça rir. Lembre, não imagine algo que te faça sentir pena da pessoa - isso pode aumentar sua afeição pela pessoa, mas imagine algo engraçado. Exemplo: Se você não esquece o João, e toda hora se pega pensando nele, comece a imaginar o João vestido de sereia e usando maquiagem toda vez que você pensar nele de novo. (Isso fará você lembrar que não pode pensar nele, indiretamente, e quando você ver a pessoa, você verá aquela cena engraçada que você criou e nem vai lembrar - talvez sim, ou não - o que você sente. )
  2. Tente distrair sua cabeça. Conheça novas pessoas, e faça novas coisas. Não lembre daquilo que te lembra aquela pessoa 

Você também vai amar:

0 comentários

Subscribe