Resenha de O médico e o monstro de Robert Stevenson

quinta-feira, dezembro 05, 2013



         O médico e o monstro, publicado em 1886, foi escrito por Roberto Stevenson - um escritor escocês. O livro foi baseado no enigma e terror presente na era vitoriana, e retrata essa ideia do bem e do mal. A história gira em torno de três personagens principais: Sr. Utterson - um advogado, Dr. Jekyll - um médico e amigo do advogado, e Edward Hyde - uma criminoso misterioso e sombrio. Com um clima de terror, em cenários repletos de névoa, e o mistério sempre circundado as palavras, a narração segue em tentar descobrir quem é esse tal de Sr. Hyde e porque ele causa sensações estranhas nas pessoas.

      O livro me lembrou um pouco as histórias de Sherlock Holmes. Claro que sem todo aquela clima enigmáticos que as obras de Holmes possuem, mas de alguma forma me recordou. Talvez o cenário, porque ambos livros se passam em Londres, ou talvez essa ideia de crimes que precisam ser solucionados. A leitura é bem leve, o tempo é respeitado perfeitamente, e a história simplesmente flui sem cansar. Robert Stevenson detalha muito bem os cenários, o que nos faz, como leitores, nos sentirmos mais inseridos na história. O livro em geral é muito explicativo, detalhado e inteligente.

     O médico e o monstro foca todo o tempo nessa ideia de mistério por trás do Sr. Hyde, mas isso não me convenceu muito bem; Eu achei meio óbvio demais. Não sei se foi porque eu já sabia a verdade por trás do livro, e já enxergava as pistas no lado certo, que esse certo encanto do mistério se quebrou para mim. Mas, tentando ler o livro por outro lado, e tentando esquecer o desfecho, o livro chega realmente a conter certa surpresa. Então, é um livro que vale a pena a leitura; É bem dinâmico e pequeno.

Você também vai amar:

1 comentários

  1. Oi! Adorei o blog. Seguindo, claro!
    Beijos,
    Isabelle
    http://www.verbosdiversos.com/

    ResponderExcluir

Subscribe