Resenha de A menina que roubava livros, de Markus Zusak

quarta-feira, janeiro 08, 2014


   Boa noite, pessoinhas ♥ Hoje eu trouxe para vocês a resenha de um livro que eu já terminei de ler a muito tempo, mas até hoje eu não tive a oportunidade de resenhar sobre ele. Bom, todo mundo que ama ler já leu ou já ouviu falar a ler sobre esse livro, assim como eu que vivia ouvindo falar sobre. Agora você que nunca leu o livro, mas sempre ouvi falar sobre, vai entender porque tantas indicações e vai se sentir tentado a ler *w*

A resenha

      A menina que roubava livros foi publicado no Brasil pela editora Intrínseca, e escrito por Markus Zusak - Autor também de A garota que eu quero, que eu já resenhei sobre (clica, clica). A estrutura da obra é dividida em grandes partes, onde aparecem vários capítulos titulados. O livro é surpreendentemente narrado pela Morte, e conta a história de Liesel Meminger, uma garota alemã que vive em plena 2º guerra mundial. Orfã de parte de pai, sem notícias da mãe e com o irmão morto e enterrado no gelo, Liesel é levada para uma família onde poderá ter uma vida "normal." Liesel adora Hitler, o chefe de Estado, assim como todo alemão, mas sua opinião muda por completo, quando seu pai adotivo tem que retribuir um favor e esconder um judeu dentro de seu porão. Um judeu que Liesel passa a adorar cada vez mais, e se sentir cada vez mais injustiçada com toda essa situação criada pelos alemães.

   A forma como é narrado é completamente nova e foi algo que eu adorei. A morte contando a história como se ela estivesse em sua frente, é realmente aconchegante, como se você realmente estivesse ouvindo uma história real e como se a morte fosse um alguém normal. È surpreendente como a Morte explica os motivos de estar contando justamente aquela história, e como ela mostra sua frustração diante o comportamento humano e a guerra. Além de eu me apaixonar pela narradora, eu me apaixonei pela personagem principal. Liesel é doce e encantadora. A pequena roubadora de livros - e não vou contar como e porque ela rouba livros - chega ser quase palpável de tão bem descrita; Alguns gestos dela são completamente reais. Além do amor de amigo que ela possui com o judeu ser muito emocionante.

   

      O livro chega a ser emocionante de todas maneiras possíveis, como se falar sobre a 2º guerra mundial e as mortes não fossem o bastante. Com o livro podemos entender o patriotismo dos alemães da época e como eles são treinados desde pequenos a amar Hitler. A própria Liesel, como eu disse no começo, era apaixonada por ele e vivia sonhando em um dia em que ele a cumprimentasse. A menina que roubava livros é cheio de surpresas, onde nós podemos sentir a história tocando realmente no coração. Não é algo realmente explicável, mas algo que só se entende lendo aquelas palavras. Como eu disse, parece realmente a morte contando mais uma história de um ser humano qualquer. O livro faz com que a morte, no fundo, se torne algo sereno, e quando certos personagens morrem - sim, muitos vão morrer -, eles não simplesmente morrem, mas vão parar nas mãos da narradora e ela explica como que era a alma daquela pessoa. 

     A menina que roubava livros é um livro que toda pessoa deve ler; Ele além de ser ótimo, em todos os sentidos, é um livro que nos faz enxergar vários pontos da nossa vida de um ângulo diferente. Porque, nós sabemos que essa história, dessa menina com um judeu não foi real, mas existem milhões a respeito que foram e nunca ninguém as contou.

Nota para o livro: 10


 Trecho da postagem 
"Éramos um,
feito de dois."
- Skank

Você também vai amar:

6 comentários

  1. oooh , ontem eu peguei esse livro emprestado na biblioteca da igreja , mas não tinha nem ideia sobre como ele era , e depois de ler resenha dele fiquei ainda mais curiosa , com certeza agora eu irei ler ele com uma pitada a mais de curiosidade .... :)

    Poor : Fraan

    ResponderExcluir
  2. Oh céus, eu sou apaixonada por esse livro *w*
    Rudy ♥
    Beijos, Chuchu!

    ResponderExcluir
  3. Ya ajuda eu a divulgar uma pagina criada por mim e minha prima ... é a Adolescentes rebeldes e simpáticos , nela falamos de tudo um pouco sem restrições de gosto, estilo ou idade ... esse é o link da pagina : https://www.facebook.com/rebeldesesimpaticos?ref=hl
    obrigadaaa

    poor : fraan

    ResponderExcluir
  4. Eu li o livro é muito bom!
    http://sobre-tudoum-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi adorei sua resenha...mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos..acesse o link..www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

    ResponderExcluir

Subscribe