Cate & Adam - Capítulo XXII: Devaneios do Adam

sábado, janeiro 24, 2015



Eu sei, tem bastante tempo que não posto Cate & Adam aqui no blog para vocês u.u Mas é porque o Wattpad está sendo bem mais fácil, então lá eu posto primeiro, e quando dá, eu repasso para cá. Tem dois capítulos que eu não postei no blog, então vou aproveitar e postar os dois hoje. Tudo bem? ahuahu'

Esse capítulo vocês já devem ter lido em Momentos do pôr do sol, mas como poucos leram MDPS eu resolvi colocar como um capítulo de Cate & Adam também ♥ ♥

Vamos para o capítulo

 
CAPÍTULO XXII
Devaneios de Adam

2 dias antes do acidente de Cate
"Tudo que é seguro para você é como combustível para o fogo." (Fuel to Fire - Agnes Obel)
Dorothie um dia me perguntou o que é que eu escrevia tanto. É meio confuso pensar que eu escrevia algo para ela e ela sequer sabia. Naquele dia, eu respondi que era apenas um projeto, um trabalho da faculdade de psicologia. Eu lembro que ela me olhou assim daquele modo completo, e sorriu, dizendo as doces palavras "Você não me engana, Adam". Eu apenas soltei um risinho para ela.
Depois Dorie nunca mais me perguntou sobre aquilo, ou tentou ler o que eu escrevia. Ela apenas me apoiava, trazia café nas madrugadas e ficava lendo algum livro ali no meu quarto apenas para me fazer companhia. Eu não gosto de lembrar dela... Ela era tão doce, tão feliz, cantarolava pela casa e trazia aquela luz que eu sentia falta.
Eu, quando perdi os meus pais no mesmo acidente em que Cate perdeu os pais dela, acabei ganhando uma herança milionária e aquela mansão... Não é segredo que eu gastei todo aquele dinheiro no sonho de ser escritor. Então, veio o o fogo. Meu fascínio. O fascínio de Dorie. E o que me destruiu. A mansão pegou fogo por motivos desconhecidos, os exemplares de Momentos do pôr do sol que eu gastei tudo para construir queimaram junto. E Dorie.
Eu não me lembro de onde eu estava aquele dia, mas Dorie estava em casa. Ela estava dormindo, como me disseram, e a fumaça a pegou quando ela menos esperava. Não tinha como ela fugir mais. Ela morreu naquela noite assim como toda a minha vida. Eu perdi tudo. Eu tento pensar que ela morreu dormindo, que não notou a morte e apenas morreu calma...
O que mais me dói é que ela nunca chegou a ler Momentos do pôr do sol. Era para ser uma surpresa para ela e naquela semana mesmo eu ia fazer a estréia dos livros e uma homenagem. Mas ela nunca chegou a saber o quanto ela era importante para mim. Eu estava tão focado em acabar o livro logo e ver nos olhos dela a alegria no final que eu esqueci de cultivas essa alegria no dia a dia.
Por isso que hoje, eu não tenho nenhum dinheiro e nenhum lugar para morar. Apenas um sonho aos pedaços, lembranças terríveis e uma garota que não posso ter.
Você deve estar se peguntando... Afinal, quem é Dorothie? Dorothie era a minha irmã. Aquela que ficou em casa quando o acidente que matou os meus pais e deveria ter me matado aconteceu... Aquela que morreu quando a morte bateu na minha porta pela segunda vez e, novamente, eu quem deveria ter morrido.
Talvez você também se pergunte porque é que eu fumo dois cigarros ao dia, uma para o meu pai e um para a minha mãe, invés de três. A resposta é a seguinte: Por meus pais eu fumo, e por Dorie eu vivo. Ela não se tornou um vício em mim, mas apenas o meu suporte. Ok, sejamos um pouco mais realistas. Meu vício em alcool veio depois que ela morreu, mas isso não é tudo. Eu me lembro que ela odiava o fato de eu fumar e não seria justo transformá-la em apenas mais um cigarro.
Agora você entende poque Momentos do pôr do sol é tão pesado para mim...? E Cate simplesmente o ama. É como se ela fosse a minha irmã lendo esse livro, essa homenagem. É como se ela amasse o pior de mim... E quando alguém ama o seu pior, o melhor é facilmente amado.

 
FIM DO CAPÍTULO XXII

Esse foi bem pequeno, só foi um devaneio mesmo para vocês conhecerem o Adam. Ai ainda hoje, eu já posto o próximo capítulos hausahsu' Beijos e até já já 

Você também vai amar:

1 comentários

  1. Olá, conheci o blog pelo Ig, e que blog fofooooo. Adorei! E esta história está muito legal e envolvente. Mais acho que comecei pelo capítulo errado. Rs.

    Seguindo o blog.

    beijos!

    http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir



Subscribe