Resenha de Amy & Matthew - Cammie McGovern

terça-feira, março 03, 2015




Boom dia, pandinhas e pandinhos :3 ah, antes de começar quero dar um recadinho para vocês: Até as férias do meio do ano, o blog vai passar por umas mudancinhas, mas é só para o blog ficar mais divo e bonito, okay? Vocês vão amar  

Então, esse livro foi o primeiro livro da Galera Record que eles enviaram para mim e que eu comecei a ler. Como eu disse nessa postagem  Lançamentos da Galera Record de fevereiro , esse livro é um dos que eu mais queria ler na editora e nessa resenha vocês vão ver minhas opiniões sobre eles (sei que vocês estão doidinhos por isso haha)

Let's go!

Amy & Matthew - Cammie McGovern


Amy & Matthew é um livro norte-americano escrito por Cammie McGovern - que já escreveu alguns livros, mas A&M é seu primeiro romance. Amy & Matthew conta a história de Amy e Matthew (será mesmo? hasuahus') e como esses dois se apaixonaram e manteram essa paixão. Só que não é apenas isso, não é apenas um homem e uma mulher comum. Amy é uma cadeirante que tem uma doença que deixa metade do seu corpo com certo grau de paralisia, e ela não consegue falar devido seu rosto ser paralisado também. 

Matthew sempre estudou com Amy, e sempre a observava, mas nunca teve a oportunidade - ou a coragem - de se aproximar dela. Mas, em certo dia, a mãe de Amy - Nicole - resolveu invés de contratar enfermeiros para ajudar Amy na escola para carregar suas coisas e ajuda-la no banheiro, contratou alguns alunos da escola para Amy ter, pela primeira vez, amigos. Então, com um e-mail, Amy misteriosamente pede para Matthew se inscrever e se candidatar a uma das vagas. E ele aceita, sem saber exatamente por que está aceitando. 


Agora que vocês sabem o básico sobre o livro e o que eu posso contar sem soltar algum spoilerzinho sem querer, eu vou contar minha opinião para vocês. Bom, primeiramente, o livro já começa com uma dedicatória perfeita ♥ que eu tive que tirar foto para vocês. A autora dedica o livro para seus pais que depois de 54 anos juntos ainda se amam fortemente e que é a prova viva que grandes amores, nascem de grandes amizades. Acho que essa frase, dentre de todas as outras perfeitas que aparecem durante o livro, é a melhor e merece destaque. 

 

A história em si me surpreendeu bastante; Na verdade eu não tinha achado nenhuma sinopse que me contasse os detalhes da história, como esses que contei para vocês, e eu só me interessei pela história por ser um romance em si. Depois que comecei a ler, e vi do que realmente se trata, eu me encantei por completo. 

Bom, o livro começa bastante preconceituoso e ele vai te matar de raiva nas primeiras páginas haha. Mas não é aquele preconceituoso a literatura em si, mas sim a perspectiva dos personagens em relação a Amy e sua deficiência, o que de certa forma, é bastante real. Não são todas pessoas que aceitam alguma deficiência com naturalidade, e algo que eu adorei nesse livro foi que ele é bastante real. Não existe fantasias em relação a deficiência de Amy e muito menos em relação ao amor. Ele é direito e por isso que vai te matar de raiva: Vai ser uma golada de realidade junto com umas doses de ironia. Mas você vai gostar ahsuas' Eu adorei isso.


Você vai se apaixonar por Amy, que apesar de se sentir sem amigos e ter seus problemas, é sempre bem humorada e você vai adorar seu Pathway - A máquina que serve como voz de Amy, onde ela digita o que quer falar, e a máquina fala por ela. Amy tem uma grande ironia e as conversar com Matthew são bem engraçadas e vai deixar seu coração aflito, do tipo "nãaao Amy, diz isso sim, não apaga as palavras não, clica em Play e deixa  pathway falar!", mas ela vai falar? Não, não vai. 

Você também vai amar Matthew e vai entender porque ele se apaixonou por Amy - digamos que ela seja tão deficiente que ela, só que sua deficiência não é aparente (nãao, não vou falar qual é a deficiência dele ahsuas') Sem contar que Matthew parece ser simplesmente adorável e lindo pelo que Amy narra. Eu particularmente me apaixonei por ele. 

Durante todo o livro, tem alguns e-mail que foram digitados, mas nunca foram enviados, o que dá uma aflição enorme, porque você sabe que aquele e-mail concertaria tudo, haha mas eles nunca foram enviados. 


Uma frase que marca o livro é "Ás vezes, eu te amo é o mais difícil de dizer." E sim, essa é uma frase que sintetiza esse livro, onde Amy e Matthew pensam a todo momento em dizer essas palavrinhas, mas nunca conseguem soltar. Além disso, o ápice do livro é quando acontece algo com Amy, que meeeeoldeoz, eu fiquei sem fôlego e não acreditei quando li. Sério. Vocês precisam ler para me compreenderem, porque eu simplesmente não acreditei. 

A&M é um livro simplesmente cheio de surpresas, com um amor muito real e sem fantasias ou ilusões. Como eu disse, vocês vão amar Amy e Matthew, e todos os outros amigos que eles vão fazendo durante o livro. Nós vemos a transição de Amy como uma simples garota deficiente, para uma garota cheia de amigos fiéis. 

A única coisa que esse livro perdeu alguns pontinhos comigo, foi por causa da narração, que de certo modo, achei bastante cansativa. Acho que é porque eu, particularmente, não gosto de livros em narração com 3º pessoa. Mas, isso não foi um impecilho para eu adorar esse livro. 

Nota para o livro:  (4/5) 

Então é isso pessoal, espero que tenham gostado e não deixem de deixar um comentário aqui, okay? Okay! ahsaushu' ♥

Você também vai amar:

3 comentários

  1. Olha eu aqui, sou a driih que comentou la no insta. Bom eu estava com um certo receio sobre esse livro ainda mais pelo assunto abordado, creio que é dificil mostrar com clareza tais sentimentos. Adorei sua resenha, me animou muito.
    Parabéns.

    www.bananaemel.com

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei curiosa para ler depois de ver algumas resenhas, parece ser bem interessante e foge um pouco do que estou acostumada a ler ^^ E que marcador fofo é esse *uuu*

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  3. Olá pessoal, existe um grupo literário no wpp chamado "the bookshelf", quem quiser participar fique à vontade e adicione o número (79) 88182930 e peça para ser adc no grupo, é sempre bom conhecer pessoas que compartilham do mesmo gosto, ainda mais quando se trata de LIVROS ;)

    ResponderExcluir

Subscribe