Resenha de As confissões das irmãs Sullivan, de Natalie Standiford

domingo, março 15, 2015


Oi pessoas e pequeno duendes coloridos sabor chocolate ♥ Esse é o último livro que a Galera Record mandou mês passado e enfim, terminei minhas leituras de fevereiro, um pouco muito, atrasada haha' Bom, os livros de março da editora já estão a caminho e tem um livro que, Meu Deus, vocês vão chorar nele ahsuahsau' Eu estou chorando só pela sinopse *-* Só digo isso.

Sem enrolações, porque hoje to com sono, x.x , vamos para a resenha ♥


As confissões das irmãs Sullivan - Natalie Standiford


As confissões das irmãs Sullivan é um livro escrito por Natalie Standiford, mesma autora de Como dizer adeus em robô; Além disso, a autora teve como editor, ninguém mais ninguém menos do que David Levithan (autor de Will&Will com John Green e do livro Dois garotos se beijando, lançamento de março da editora e que já já vai ter resenha aqui ♥). O livro foi publicado pela editora Galera Record, e lançou em fevereiro de 2015.


O livro conta a história da família Sullivan, que possui como "rainha-abelha" a avó-paterna; "Poderosa", como a avó é chamada, por ser a mais rica da região e a mais conhecida, é quem toma conta financeiramente dos Sullivan e quem inferniza os mesmos de um modo ironico e bem inquietante para nós leitores. O drama do livro começa quando Poderosa chama todos para uma reunião e diz que descobriu um câncer e que logo irá morrer, mas simplesmente, tirou todos da família Sullivan do testamento.

Chocados, eles perguntam o motivo daquele ato, e ela responde que alguém da família a magoou profundamente. Para a família Sullivan ser outra vez inserida no testamento e continuarem ricos, todos devem escrever cartas para Poderosa, confessando seus crimes e se desculpando, mas ninguém sabe quem foi realmente o culpado. 


Quando eu solicitei esse livro para a resenha, eu não colocava muita fé nele, mas como o livro Como dizer adeus em robô tinha chamado a minha atenção, eu acabei pedindo ele assim mesmo. Uma das coisas que eu amei nele foi a capa. No fundo ela tem esse padrão vintage e uma cor de azul muito linda em contraste com um rosa ♥ Adorei essa capa. 


Sobre a história em si, ela te prende e não é nem um pouco cansativa. Uma coisa muito interessante na narração, é que, primeiramente, começa em terceira pessoa, narrando quando Poderosa chama as família Sullivan para conversar. E quando eles definem que quem magoou a avó foi uma das meninas, (e não um dos três meninos) as confissões começam e o livro segue com essas confissões. Então, o livro é dividido em três partes principais. Uma de Norie - a irmã mais velha confessando seus crimes, depois Jane -  irmã do meu, e por fim Sassy - a irmã-menina caçula da família. E em cada uma dessas partes, as próprias meninas que narram como se fosse uma carta mesmo e no meio da narração elas fazem piadinhas com a avó ou se desculpam quando soltam algum palavrão. Eu adorei essa forma de narração ♥ 


Nessa foto vocês podem ver o que acabei de falar; Vem um pequeno bilhete da neta que vai narra e ela começa a contar seus "crimes"; Outra coisa que adorei nessa forma de narração, é que acontece momentos que marcam toda a família e em cada uma das narrações das três irmãs mostram as versões delas sobre aqueles acontecimentos, como foi para elas, o que elas estavam fazendo na hora e como reagiram. Foi muito legal ver a versão de Norie, Jane e Sassy - que são muito diferentes umas das outras - sobre a mesma situação. 


A história me prendeu muito, e eu li ela em 3 dias *-* Eu não conseguia largar, porque eu fiquei muito curiosa em descobrir quem magoou a avó e quem deixou a Poderosa tão irritada a ponto de tirar o nome da família Sullivan do testamento. Sem contar que o design interno dele é muito lindo ♥

O final, porém, não foi tããão surpreendente assim, mas eu não consegui imaginar nenhum final melhor. Mas de certo modo, o final foi emocionante, e ser emocionante para mim é melhor do que ser surpreendente :3



Nota:       (5/5)

O livro vai levar 5 estrelinhas comigo, porque eu adorei a história e sinceramente, não encontrei nenhum defeito nele ♥ Ele é muito lindo, tem suas partes fofas, suas partes emocionantes, e além disso, é uma história que vai fazer você rir várias vezes; Ela tem um humor muito sutil, repleto com personalidades bizarras, mas marcantes. Vocês vão adorar.

Vale a pena a leitura :3

Então é isso pessoal, beijinhos, e até a próxima resenha ♥





Se inscrevam 


Post por:
Yara Lima


Yara, Ya, Yaya, Ou Maidy *w* Sou a mente por trás do Leitoras Ocultas e que organiza essa coisa toda, prazer haha'.  Meio louca, impaciente, teimosa e com mil pensamentos disputando a minha atenção, eu nasci na região metropolitana de Minas Gerais, no dia 29 de abril de 1997. Eu adoro games, livros e escrever, o que me fez uma grande fã de Assassin's Creed, Jogos Vorazes e autora de Cate & Adam. 



Você também vai amar:

3 comentários

  1. A capa é bem bonita mesmo, e parece bom pelo que você falou. Vai pra minha listinha. Seguindo aqui Yara.♥

    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Yara! Sabe que você me deixou bastante curioso sobre esse livro? Apesar de não ser um dos gêneros que faz meu gosto literário, sua resenha despertou isso em mim rs. Parabéns pela resenha! Beijos
    http://cafeliterari-o.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. amei a resenha, amei o livro ja vai pra lista de desejados *-*

    ResponderExcluir



Subscribe