Resenha de No início não havia Bob de Meg Rosoff

segunda-feira, agosto 10, 2015



ooi pessoas e caixinhas de sapato ♥ Hoje tem mais uma resenha para vocês, de um livro que quase todo mundo se apaixonou por ele lá no instagram pela capa e que eu prometi que ia falar sobre ele o mais rápido que eu pudesse, e aqui estou eu.

Sem mais enrolações, vamos resenhar!

No início não havia Bob - Meg Rosoff



O livro No ínicio não havia Bob de Meg Rosoff foi publicado pela editora Galera Record no Brasil e é um lançamento do mês de julho da editora ♥ O livro trás um enredo diferente e meio perigoso de se abordar, colocando Deus como um adolescente mimado e nada responsável. Okay, primeiro vamos esclarecer essas coisas: O livro não distorce hora nenhuma a imagem do Deus que conhecemos e nem menciona Jesus, ou Maria, ou algo assim. Ele só trata de Deus mais como se ele fosse Zeus da mitologia, alguém como nós e dono da terra, não o Deus que conhecemos no Brasil. Esclarecido?

No livro, então, o dono do planeta terra é um adolescente, que ganhou esse planeta por ninguém mais o querer - a Terra era uma planeta distante dos lugares mais descolados do universo e nínguem o queria. Então, Bob ganhou a terra e junto com o Sr. B eles administram o planeta. Em 7 dias Bob criou o mundo, sem pensar em nada e criou uma grande bagunça de fauna, climas e animais diversificados. E assim ele fica, sendo o garoto mimado que é, no planeta que ele mesmo criou e toda essa bagunça ficou sob responsabilidade do Sr. B. 

Desastres começam a acontecer na terra quando Bob houve a prece de uma linda e encantadora menina: Lucy, uma funcionária do zoológico, e percebe o quanto aquela mortal é linda. Bob se apaixona por uma mortal e simplesmente para de se importar com os problemas da terra e tudo que ele pensa é em como conquistar aquela garota. Então, ele começa a aparecer para Lucy como um garoto comum e eles começam a se apaixonar. 


O livro é bem mais ou menos. Algumas pessoas podem dizer que por essa distorção da imagem de Deus, o livro falhou muito, mas não foi por isso que eu não gostei. A parte em colocar o dono da terra como um adolescente foi bem interessante e o momento mais legal e engraçado do livro foi quando Bob foi criando a terra em 7 dias. Hora nenhuma modificou a imagem de Deus e como eu disse, colocou mais como "o dono da terra" e não como "Deus" em si.

O livro me desagradou pela escrita e pela história. A escrita é bem confusa, com capítulos bem curtos e em cada capítulo o narrador nos mostra o que está acontecendo em locais diferentes e com os personagens principais, ora mostrando Lucy na terra, ora Bob no céu, ora o Sr. B bravo por resolver os problemas de Bob. Esse tipo de narração é sim interessante, mas pelos capítulos serem beem curtos, acaba confundindo muita coisa. 


A história foi algo que me desagradou também; Ela anda e anda e acontece poucas coisas fundamentais para a história. Eu classificaria o livro como "vago demais". Bob e Lucy quase não ficam juntos no livro, eles ficam juntos e se encontram no máximo 4  vezes no livro todo. O final não é muito conclusivo, e ele de repente se torna outro nas últimas 3 páginas, como se do nada a autora mudasse de ideia para o final, mas o livro TODO não te leva para aquele final, entendem? 

No geral, vou dar ao livro 2 ESTRELAS ♥ Uma pela capa e design e outra pela temática. Mas ele acabou perdendo pontos fundamentais comigo como a história, escrita e final :C

Se você leu o livro, deixe sua opinião aqui também ♥


Se inscrevam

Você também vai amar:

0 comentários



Subscribe