Resenha de O despertar do príncipe de Colleen Houck

segunda-feira, setembro 07, 2015



ooi pessoas e egípcios ♥ A resenha de hoje é sobre um livro que foi muito esperado pelos fãs de A maldição do tigre, por ser da mesma escritora linda, Collen Houck *0* Vou admitir que quando eu li A maldição do tigre eu não tive a oportunidade de continuar com a leitura e depois de ler O despertar do príncipe me arrependi muito dessa escolha que fiz :'c Mas, então fãs da Collen, vamos ao que realmente nos interessa, certo? Ceerto!



O Despertar do Príncipe
 Título: O despertar do príncipe - Coleção Deuses do Egito Autor(a): Colleen Houck Gêneros: Fantasia, Romance Editora: Arqueiro Lançamento: 2015 Nota:      
Quando a jovem de dezessete anos, Lilliana Young, entra no Museu Metropolitano de Arte certa manhã, durante as férias de primavera, a última coisa que esperava encontrar é um príncipe egípcio ao vivo com poderes divinos, que teria despertado após mil anos de mumificação.E ela realmente não poderia imaginar ser escolhida para ajudá-lo em uma jornada épica que irá levá-los por todo globo para encontrar seus irmãos e completar uma grande cerimônia que salvará a humanidade


TAGS LITERÁRIAS: 
    

O despertar do príncipe é um lançamento que foi muito esperado no Brasil, devido a grande legião de fãs que Colleen Houck conquistou aqui no nosso país por meio dos livros da saga A maldição do tigre. O livro é o primeiro livro da coleção Deuses do Egito, que prometem mostrar o egito antigo e um egito atual em pleno século XXI, mostrando o contrastes dos dois, além de mostrar muito da cultura egípcia. 

Nossa personagem principal nesse livro é a Nova Iorquina Lily Young que é uma filha de país ricos e uma filha muito bem comprometida com seu futuro e com uma edução rígida. Lily é a típica garota medrosa, que não pensa duas vezes entre escolher a segurança de sua casa por outra coisa, além de não se apaixonar por qualquer garoto. Todo esse cenário muda quando Lily resolve dar uma passadinha no museu da cidade e visitar uma seção de antiquarias do Egito. De repente, Lily ouve um barulho e ela, com uma súbita coragem, resolver ver o que é. Ela acaba encontrando um homem, vestido com roupas antigas, pele bronzeada, cabelos raspados e que diz ser um semi-deus do Egito que acabou de despertar.


Lily, obviamente, por ser cética, não acredita naquelas palavras e prefere acreditar que o homem é apenas um ator fazendo um trabalho no museu. Até que quando o homem, Amon, conta toda a sua história para Lily e mostra para ela seus poderes, Lily não tem outra escolha a não ser aceitar aquela verdade e acompanhar Amon para sua missão. Então, Lily larga tudo e vai com Amon para Egito, onde Amon tem que cumprir seu destino e salvar a terra. 

Bom, agora vamos para a minha opinião sobre o livro ♥ Eu li alguns comentários de fãs de A maldição do tigre que disseram que esse livro nada mais é do que a história de A maldição do tigre recontada no Egito e com uma 'melhorada' na personalidade da personagem principal. Bom, eu não completei a saga 'Do Tigre', mas pelo que eu li, a personagem principal dele era bem "irritante" de se ler e de certo modo muito dependente do Tigre (Não, eu não lembro os nomes deles haushaus); De certa forma, Lily é realmente uma personagem mil vezes melhor do que a que encontramos no outro livro de Colleen e se você não curtiu muito a personagem anterior, saiba que você vai amar a Lily.


Lily é uma personagem forte, espirituosa, engraçada, embora alguns pensamentos dela em relação ao Amon cheguem a ser chatos (por exemplo, alguns pensamentos sobre inseguranças e "ele não gosta de mim"). Enquanto Amon é o personagem masculino dos sonhos de qualquer garota apaixonada por livros. Ele é o tipo de homem protetor, forte e seguro de si que nós amamos ler nos livros, certo? ♥ O livro por não focar taaanto assim (embora tenha bastante cenas) no romance que surge ente Lily e Amon, e a conexão que os dois tem, pôde focar mais na cultura do Egito e nas histórias dos deuses. Quem é apaixonado por mitologia vai se amarrar nesse livro, assim como eu fiquei completamente presa. 

A escrita do livro é perfeita, e supera de lavada a escrita de A maldição do tigre. Ele tem um foco maior em coisas mais poéticas e Lily não deixa seus sentimentos interferirem muito na sua narração da situação e dos cenários. Só uma coisa que deixou a desejar na narração foi que cenas de ação foram colocadas no livro de um modo não tão emocionante assim. Por exemplo, cenas em que Lily estava em certo perigo eram narrados com uma naturalidade a cima do normal e não foram tão dramáticas assim;


O final do livro tem vááárias surpresas que vão te deixar louca/louco para ter logo o segundo livro da série *0* Eu já quero saber o que é que Lily e Amon estão aprontando e o que vai acontecer nessa história maluca. 

No geral, eu amei esse livro e ele me fez virar, sem dúvidas, uma fã de Colleen Houck ♥ Já quero saber logo o que vai acontecer nos outros livros da série e quem sabe até ler a Maldição do tigre para poder avaliar os dois com precisão, certo? Bom, se você já curte A maldição do tigre saiba que você vai curtir ainda mais esse livro. E se você não gostou de A maldição do tigre dê uma oportunidade para essa nova série da autora assim como eu dei, aposto que você não vai se arrepender ♥

Assistam a vídeo resenha:



Se inscrevam


Você também vai amar:

1 comentários

  1. Já vi esse livro em muitas resenhas e sabia que conhecia a autora mas não tinha certeza de onde, a sua resenha foi a primeira que parei para ler, hahah :)) Já fiquei mega curiosa pois gostei bastante de A Maldição do Tigre e curto tudo o que envolve mitologia, principalmente egípcia que não é muito falada.
    Beijão!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir

Subscribe