RESENHA: Conquista (Devoção - volume II) de J. C. Reed

quinta-feira, outubro 29, 2015


oi pessoas e florzinhas vermelhas ♥ Hoje tem resenha de um livro que ganha pela capa e que é meio que 50 tons de cinza; Então, se você curtiu 50 tons de cinza vem comigo que você vai amar esse livro, mas se você não curtiu tanto 50 tons assim como eu, vem também porque você também vai curtir esse livro!



 Título:  Conquista (Devoção - Volume II)
 Autor(a): J. C. Reed

 Gêneros: Romance

 Editora: Única Editora
 Lançamento: 2014
 Páginas:  288 páginas 
 Nota:     

O segundo livro da trilogia Devoção best-seller do The New York Times, Wall Street Journal e USA Today. Encontrar Jett foi um verdadeiro azar. Perigoso, imprevisível. Um cara que era melhor evitar. Nesse jogo, porém, as apostas são altas. Vale a pena correr o risco? A continuação da história de Brooke e Jett mergulha de vez nas armadilhas do amor e da sensualidade.


TAGS LITERÁRIAS: 
     
* Resenha livre de spoiler do 1º livro ♥

Conquista é o segundo livro da trilogia Devoção e é a continuação cronológica do mesmo; A obra foi escrito por J. C. Reed e aqui no Brasil, foi publicado pela editora Única <3 O livro nos conta a história de Brooke e Jett, depois de se envolverem em quebras de confiança no primeiro livro, além de Brooke ter saído com o coração quebrado dessa relação. Ela e Jett (para quem não lembra ou quem não leu o primeiro livro ainda) tinham uma relação de apenas sexo casual, sem apego nenhum, mas ambos acabaram se apaixonando - porém, quando Brooke menos esperava, Jett traiu sua confiança feio.


Então, Conquista já começa com Brooke tentando seguir com sua vida, indo para a Itália resolver alguns problemas profissionais, e tentando esquecer Jett, mas quando Jett descobre para onde Brooke foi, ele tem a certeza de que ela não está a salvo. E ele está certo disso.

Bom, nesse livro então vemos mais Brooke tentando resolver sua vida sem se envolver com Jett, mas ao mesmo tempo se enrolando a ele, enquanto Jett tenta sem parar reconquistar a confiança da mulher que ele ama tanto, além de protegê-la dos perigos novos (e mortais) que ela terá que enfrentar.

Como eu disse, o livro se parece muito com 50 tons de cinza; Um, porque Jett e Brooke já começam uma relação/acordo de apenas sexo sem apego. Dois, porque Brooke trabalha para o grande CEO Grey Jett e é na empresa que eles se conhecem. Três, Jett é um gato, sexy, forte, e tudo de bom e aquela coisa toda. Quatro, Brooke tem uma melhor amiga assim como Anastasia que enche o saco dela para ela não se encontrar com Jett. Acho que listei todas as características que fazem 50 tons de cinza ser o que é, certo? Mas, apesar disso tudo, esse livro e trilogia possui suas particularidades.


Apesar dele ter esse foco em sexo, não é aquela coisa louca e sem razão nenhuma para acontecer como em 50 tons de cinza; Em Conquista vemos história, vemos mafia italiana e muita confusão que te deixa bem curioso. Apesar do sexo presente, tem conteúdo. Jett é um personagem forte e leal, e Brooke não fica para atrás. Eles estão no mesmo nível e você vai gostar de ambos igualmente. Não são nada superficiais, tem como até você traçar uma personalidade para cada um (até as formas de falar são diferentes - e isso é algo que eu preso muito em livros.); 


A escrita da J. C. Reed é muito boa e eu me senti muito presa na história. Se você curte romances, recomendo muita essa trilogia para vocês - Não vão se arrepender, sério! ♥

Você também vai amar:

4 comentários

  1. Eu não fiquei extremamente fã de 50 tons, hehehehe, mas em relação à esse livro, até que me despertou interesse, não gosto de ler livros que todos leem. Sou meio louco. kkjahksjhaks

    O "World Of Papers" é o mais recente projeto de desenhos no Instagram! Vem conhecer! ♥
    http://www.acessopermitido.com/2015/10/world-of-papers.html

    ResponderExcluir
  2. Pra falar a verdade o livro não chamou muito a minha atenção. A sua resenha está ótimo, mas não me interessei.
    Beijos.
    sonhardevaneios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. A Resenha está ótima. Todavia, eu não curto muito essas obras assim. Eu já tenho um certo receio de ler romance kk. Desculpa, mas Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  4. A resenha está perfeita, mas não é muito minha cara esse estilo de livro hahhshs

    ResponderExcluir

Subscribe