RESENHA: O quarto dia de Sarah Lotz

terça-feira, maio 31, 2016




 Título: O quarto dia
 Autor(a): Gisela Bacelar
 Gênero(s): Suspense
 Editora: Arqueiro
 Lançamento: 2016
 Páginas: 192 páginas
 Nota:    
Janeiro de 2017. Após cinco dias desaparecido, o navio O Belo Sonhador é encontrado à deriva no golfo do México. Poderia ser só mais um caso de falha de comunicação e pane mecânica... se não fosse por um detalhe: não há uma pessoa viva sequer no cruzeiro. As autoridades acham indícios de uma epidemia de norovírus, mas apenas descobrem os corpos de duas passageiras. Para piorar, todos os registros e gravações de bordo sofreram danos irreparáveis. Como milhares de pessoas podem ter sumido sem deixar rastro? Teorias da conspiração se alastram, mas só há uma certeza: 2.962 passageiros e tripulantes simplesmente desapareceram no mar do Caribe.



TAGS LITERÁRIAS: 

Em O quarto dia, escrito por Sarah Lotz - Autora conhecida pelo livro Três, conhecemos um cruzeiro que abriga várias histórias diferentes e pessoas não tão confiáveis sim. Conhecemos uma mulher que se afirma médium e fala com espiritos como forma de show e sua assistente, conhecemos funcionários dos navios e um homem estranho que parece profundamente suspeito. A narrativa flui entre esses personagens, narrando e nos mostrando vários pontos diferentes do navio até que o desastre começa. 

Várias pessoas começam a ficar misteriosamente doente, enquanto o navio simplesmente para de navegar no meio do nada, incapaz de se mover, sem se saber os motivos. Até que o quarto dia chega e nós como leitores perdemos o "contato" com o interior do navio e só sabemos que as pessoas que ali estavam simplesmente sumiram. A narrativa prossegue com a investigação e é de deixar qualquer apaixonado por suspense e teorias da conspiração de olhos vidrados.

Enquanto eu lia, eu primeiramente comecei estranhando a narrativa e isso foi me confundindo muito a entender o livro; Cada capítulo mostrava uma pessoa diferente, e quando, uns três capítulos depois, voltava nessa primeira pessoa, eu já não lembrava mais nada do que ela estava fazendo - E isso foi me deixando bem frustada com o livro, porque eu já não estava entendendo mais nada. 

Foi um livro que, apesar de me aborrecer por causa da escrita, me deixou bem aflita com relação ao resultado final de todo aquele drama e tudo que eu digo sobre o final é: Não posso falar nada! hahaha Mas é um daqueles finais que te deixa completamente aflito, com uma mistura de raiva.

Como os capítulos vão alternando entre os personagens e mostrando bem o íntimo de cada um, é impossível não se sentir perto de cada um deles - e quando acontece algo ruim, você acaba sentindo tanto medo quanto o personagem. Maaas, isso poderia ser melhor, se não focasse em tantos personagens ao mesmo tempo e não misturassem tanto a história. 

No geral, é um livro mediano. Você ás vezes fica irritado com a personalidade dos personagens e com a narrativa, mas a história acaba compensando por outro lado. Se você curte suspense, é um livro que vale muito a pena a leitura e vocês vão adorar!

ONDE ENCONTRAR:

Então é isso pessoal!
Beijos e até mais ♥


Você também vai amar:

1 comentários

  1. Oi, Maidy! Ainda não sei o que achar desse livro, sabe?! Me empolguei pensando no que poderia estar por trás de todos aqueles acontecimentos no navio, mas o final me deixou bem frustrada... Queria mais respostas!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir



Subscribe