RESENHA: A Rainha Vermelha de Victoria Aveyard

sexta-feira, maio 27, 2016



Prontos para ler a resenha da distopia mais maravilhosa do ano? Rainha Vermelha já vinha me cativado durante meses, e depois de ver várias críticas positivas do livro resolvi apostar na leitura! Então vem conhecer mais desse livro e descobrir o que achei dele <3






 Título: A Rainha Vermelha
 Autor(a): Victoria Aveyard
 Gênero(s): Distopia
 Editora: Seguinte
 Lançamento: 2016
 Páginas: 422 páginas
 Nota:      
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?



TAGS LITERÁRIAS: 
 

Em A Rainha vermelha conhecemos Mare Barrow - Uma garota sangue vermelho, que rouba para sobreviver e dar algo melhor para sua família. Mare vive em um mundo pós-apocaliptíco onde as pessoas são dívidas pela cor de seu sangue: Sangue vermelho são as pessoas comuns, os pebleus e empregados, enquanto os Sangue Prateados são quase deuses, com sua força infinita e super poderes. Todo o destino da garota muda quando ela, sem imaginar, consegue um emprego no castelo e durante um evento, acaba caindo em um campo elétrico, descobrindo que apesar de ter o sangue vermelho, ela tem um super poder como os prateados.

Revoltados, a família real prateada tenta encobrir isso, fazendo com que Mare finja que é uma prateada de uma família perdida e que foi criada por sangues vermelhos - o que deixa a garota indignada; E o pior de tudo: Para manter essa farça, ela deve casar com um dos príncipes. Com agora Mare fazendo parte da realeza, ela tenta de todas as formas se unir aos rebeldes, para acabar com aquele sistema de opressão contra seu povo vermelho. 


A Rainha Vermelha valeu 100% a leitura! Quando eu lia as resenhas de outros blogs, ou via algum booktuber falando sobre esse livro, eu não esperava tanta coisa dele, mas quando eu comecei a ler, logo nas primeiras páginas eu já me senti completamente envolvida e com uma afeição enorme pela Mare. Mare é aquele tipo de personagem durona, que te faz sempre torcer por ela e ficar ansiosa por suas ações; No livro também conhecemos os príncipes Maven e Cal, que faz com que a gente fique apaixonada por eles. Eles são uma mistura de Peeta com Maxon, e é impossível não gostar desses dois (mas, segredo: Não se apegue muito a eles não!)

A Escrita do livro é maravilhosa e bem fluída, o que faz você ler sem querer parar! O livro é cheio de ação no início ao fim e sem enrolações. Mare vai direto ao ponto em sua narração em primeira pessoa, e ela mostra a cada página uma personalidade forte e decidida ♥ Um amor de personagem.

O design interno do livro é bem lindinho e organizado, e o design da capa é de tirar o fôlego, não é mesmo?! A capa tem um efeito prateado como se fosse o sangue dos prateados, em contraste com o sangue vermelho na coroa ♥ Eu achei perfeito os significados que a capa contêm, o que me deixou ainda mais apaixonada pela obra.

No geral, essa é uma distopia que qualquer fã de distópicos deve ler, sendo uma mistura perfeita de Estilhaça-me, A Seleção e X-men ♥ É impossível não amar a leitura ou os personagens.

Então é isso pessoal,
espero que tenham gostado da resenha!
Beijos e até mais!




Você também vai amar:

2 comentários

  1. Não conhecia mas parece ser um bom artigo
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia
    Facebook
    Convido-te a participar no Sorteio do cantinho
    Novo Sorteio ( Portugal & Ilhas )
    Tem post novo

    ResponderExcluir
  2. Oi, Maidy :3
    Eu vi esse livro na livraria e não pensei que fosse grande coisa. Mas, meu Deus, eu vi o vídeo do seu canal falando um pouquinho sobre ele e falei ''Nossa senhora dos velocíclos dourados, deve ser muito bom!'' Eu adoro distopias e o fato de ser uma mistura de Estilhaça-me e X-Men com realeza e rebeldes só me deixa com mais vontade de lê-lo. ♥

    Adorei a resenha.
    Beijinhos de baunilha.

    ResponderExcluir



Subscribe