Top 5 literário: 5 livros de amorzinho

domingo, maio 15, 2016


Olá, leitores!

O nosso top 5 literário de hoje é inspirado no livro "Fazendo meu filme", no qual a personagem principal adora assistir o que ela chama de "filmes de amorzinho". No nosso caso, vamos falar de "livros de amorzinho", que são romances fofos dentre os que estão distribuidos nas nossas prateleiras. Vamos lá? 


5. A verdadeira Bela - Li Mendi
SINOPSE: Nicole está prestes a entrar para uma agência de publicidade famosa e lá enfrentará o conflito entre a auto-imagem e a visão distorcida dos seus colegas a seu respeito. A pressão psicológica que acontece com bullying nas redes sociais será vencida por um grande amor, que surge para fortalecê-la e protegê-la de todos os preconceitos. Fernando é admirado por seu dinheiro e poder, mas, no fundo, luta contra uma secreta baixa auto-estima. Com medo da própria imagem que forma no olhar do outro, ele se critica e se fecha. Até que um dia seu caminho se choca com o de Nicole e os dois aprendem juntos que o amor não é cego. Ele vê com clareza o que nem todos veem: a verdadeira beleza completa do ser amado.


Foi um dos primeiros livros nacionais que li quando comecei com o blog. Me diverti muito com o estilo chicklit e gostei bastante da história. É uma história de amorzinho, com trechos mais adultos, e bem gostosa de acompanhar! 


4. Fazendo meu filme - Paula Pimenta
SINOPSE: Seja a relação com a família, consigo mesma e com o mundo; seja a convivência com as amigas, na escola e nas festas; seja a relação com seu melhor amigo e confidente. Tudo muda na vida de Estefânia quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. É sobre isto que trata este livro: o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades. As melhores cenas da vida de Fani podem ainda estar por vir.


Eu ainda não terminei a série, porque falta o livro 4, mas adoro os personagens de Paula Pimenta nessa história. Típica história de amorzinho adolescente, cheia de experiências, descobertas e sofrimentos. Uma graça!

3. Princesa apaixonada - Meg Cabot
SINOPSE: Em A PRINCESA APAIXONADA, Mia divide seu tempo entre três coisas: a preparação para sua irritante entrée na sociedade genoviana, sob a direção de uma não menos irritante avó; os congestionamentos de Manhattan, em Nova York, e as elaboradas desculpas para escapar de Kenny, seu namorado. Afinal, Mia, na verdade, está apaixonada por outro rapaz. O livro é uma indiscreta espiadela num mundo totalmente selvagem. Cada página, o resumo perfeito das agruras e neuroses dos adolescentes. Desde amores não-correspondidos, até dias de cabelo ruim, passando por dúvidas existenciais e movimentos para salvar o planeta. Não esquecendo conflitos nada clássicos com os pais - a mãe de Mia está grávida de um de seus professores e o pai insiste que ela ande numa limusine com seguranças -, festas de arromba, roupas e ensaios para beijos franceses.


Eu sempre direi que sou suspeita para falar sobre qualquer livro da série "O diário da princesa". Eu era muito nova quando li esse e fiquei apaixonada pela história. É um dos meus livros preferidos de toda a série, juntamente com o livro 10. É um amor, não tão meloso, mas delicioso de acompanhar.


2. Uma curva no tempo - Dani Atkins
SINOPSE: A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona? A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?


Eu classifiquei como livro de amorzinho por alguns motivos, mas há muitos outros motivos que fazem desse livro muito mais do que isso. Quem leu sabe que a história não é "só mais um romance", mas há todo um mistério envolvido e todo um lado mais comovente nos acontecimentos desse livro. 


1. Diário de uma paixão - Nicholas Sparks
SINOPSE: "Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou." (Noah Calhoun)
Assim tem início uma das mais emocionantes e intensas histórias de amor que você lerá na vida...
O livro é o retrato de uma relação rara e bela, que resistiu ao teste do tempo e das circunstâncias. Com um encanto que raramente é encontrado na literatura atual.


Ahhh, como Nicholas Sparks não entraria nessa categoria?? Impossível! Um dos autores que mais arranca lágrimas de sofrimento, emoção e angústia dos seus leitores precisaria estar nesse top 5. Gosto muito da história desse livro. Acho bem comovente, forte e intensa e totalmente possível de ser real, já que o autor não pinta o amor como um conto de fadas, mas nos traz a realidade de um relacionamento e ainda assim mostra como esse tipo de história pode ser linda!


Até a próxima semana, leitores da Maidy!
Com carinho literário,
Brenda



Você também vai amar:

5 comentários

  1. Olá Brenda,

    Adorei sua lista! E realmente concordo com você, não tem como o Nicholas não estar nessas escolhas. Quero muito ler o livro da Dani Atkins, li várias resenhas e ele está bem recomendado!

    Beijos!

    http://www.booksimpressions.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha Não é? Esse livro é lindo!! Recomendo.

      Beijos,
      Postando Trechos

      Excluir
  2. Olá!
    Eu comecei a série "Fazendo Meu Filme" e se não me engano parei no terceiro, mas eu adorava demais, nem sei porque abandonei, haha.
    Eu e meus pais somos viciados no filme "Diário de Uma Paixão", e com certeza leria o livro também.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir

Subscribe