Resenha: O caderninho de desafios de Lily & Dash, de David Levithan

segunda-feira, junho 13, 2016


Que David Levithan é um grande representante dos gays dentro da literatura, isso não é segredo nenhum! O autor fala sobre todas as formas de amor, discursa sobre feminismo, além de mostrar o preconceito dentro de suas obras; Conhecido por Dois garotos se beijando e Todo dia, o autor tem se tornado um dos queridinhos dos jovens. Na resenha de hoje, vim falar para vocês do mais novo livro do David em parceria com Rachel Cohn ♥ Vamos lá conhecer? 





 Título: O caderninho de desafios de Dash & Lily
 Autor(a): David Levithan & Cohn
 Gênero(s): Romance
 Editora: Galera Record
 Lançamento: 2016
 Páginas: 256 páginas
 Nota:    
Uma noite de amor e música acompanha a dupla Lily e Dash. Ela está doida pra se apaixonar e, pra encontrar o par perfeito, decide criar um caderninho cheio de tarefas e deixá-lo na livraria mais caótica de Manhattan. Quem encontra o moleskine é Dash, e os dois começam a se corresponder e trocar sonhos, desafios e desejos no caderninho, que vai se perdendo nos mais diversos lugares de Nova York.



TAGS LITERÁRIAS: 

O caderninho de desafios de Lily & Dash nasceu de uma parceria entre David Levithan e Rachel Cohn, que já tinham escrito outro livro juntos: Nick & Nora. Em Lily & Dash, começamos a leitura conhecendo Dash - Um garoto de 16 anos, comum, que adora uma livraria local; Em um desses seus passeios pela livraria e na estante de seu autor favorito, Dash encontra um moleskine e o abre, vendo que dentro dele tem vários desafios. Curioso, Dash começa a tentar desvendar aqueles enigmas que o leva até alguns livros da livraria e por fim, descobre o que é que está acontecendo: O livro pertence a uma garota chamada Lily, que cansada de encontrar namorados errados, criou esse caderno com enigmas que apenas o "Homem da sua vida"/Cara ideal conseguiria responder. 

Então, assim segue a história: Dash e Lily se comunicam pelo caderno e por enigmas, deixando o caderninho em vários lugares diferentes pela cidade, sem saberem como é a aparência um do outro - a única coisa que eles sabem é seus nomes e que são muito parecidos.



Eu já havia lido um outro livro do David Levithan (Naomi & Elly e a lista do não beijo), e admito que fiquei bem decepcionada com o livro e esperava mais do autor; Então, quando recebi aqui em casa Dash & Lily resolvi dar uma chance a mais á ele. 

Bom, a escrita do Levithan continuou praticamente a mesma: Bem confusa; Os personagens são bem superficiais, sem algo que faça você se apegar a eles. No livro temos cada capítulo narrado por um dos personagens principais, e me incomodou muito a narração de ambos serem as mesmas - sem diferença de escrita. Uma coisa que é importante quando tem dois narradores, é que as narrações se diferenciem entre si, porque se não o autor acaba se perdendo e esquecendo quem está narrando. E esse foi um dos pontos que me incomodou no livro.

Outro ponto que vale mencionar é que a história anda em circulos; Claro que todo o livro leva você para a acreditar que Dash & Lily devem se encontrar no final e se conhecerem, mas como o livro vai sendo guiado pelos desafios do caderninho, parece que NUNCA que a história vai acabar. 

Agora vamos falar dos pontos positivos! A história em si, me cativou muito! Fiquei bem encantada com os desafios que um criava para o outro e era bem legal acompanhar a solução dos mistérios; É um livro que você fica torcendo para que os personagens fiquem juntos no final e você fica quase que se corroendo de curiosidade do que vai acontecer (acho que foi a curiosidade que me fez achar a grande quantidade de desafios bem cansativa hahaha)

No geral, o livro é maravilhoso e vale muito a pena ser lido se você já for fã do Levithan ou se curte romances mais adolescente e bem leves ♥ 

Então é isso pessoal!
Um beijo e até mais!






Você também vai amar:

4 comentários

  1. Olá! Que fofo incrível a sua. Eu nunca li nada do autor mas gostei demais da premissa desse livro. Ás vezes a enrola é algo que sufoca e deixa a gente estressado, mas vou dar uma chance a ele.
    Abraço!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. awn que amor, parece ser lindo! https://universodecifrado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Essa capa é um amor *-* Deu vontade de ler só pela capa, pois confesso que romances independentes de serem adolescentes ou não não me atraem muito :P Estou disposta a dar uma chance pra ele, mesmo que o livro me faça ter um ataque da ansiedade por ficar andando em círculos, o que não é uma boa pra mim :X
    Beijinhos Maidy
    P.S: eu amo demais teu blog e teus vídeos, já li/assisti todos! Quando possível dou like :) Aproveitei toda essa inspiração que você me passa e te indiquei como um dos canais mais Kawaii's do YouTube <3

    ResponderExcluir
  4. Essa capa é um amor *-* Deu vontade de ler só pela capa, pois confesso que romances independentes de serem adolescentes ou não não me atraem muito :P Estou disposta a dar uma chance pra ele, mesmo que o livro me faça ter um ataque da ansiedade por ficar andando em círculos, o que não é uma boa pra mim :X
    Beijinhos Maidy
    P.S: eu amo demais teu blog e teus vídeos, já li/assisti todos! Quando possível dou like :) Aproveitei toda essa inspiração que você me passa e te indiquei como um dos canais mais Kawaii's do YouTube <3
    http://garotasdetokyo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir



Subscribe