RESENHA: A coroa (A Seleção #5), de Kiera Cass

sexta-feira, dezembro 02, 2016

Resultado de imagem para a coroa resenha
FOTO: S de Sarah 
Já vou avisando que se você não leu os livros anteriores (incluindo A Herdeira) essa resenha pode conter SPOILERS impensados. Então tenha cuidado hihi talvez seja melhor você ler ao menos os três primeiros livros pra depois ler resenhas deste.




 Título: A Coroa
 Autor(a): Kiera Cass
 Gênero(s): Romance
 Editora: Seguinte
 Lançamento: 2016
 Páginas: 310 páginas
 Nota:    
Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.

TAGS LITERÁRIAS: 
A Coroa é o quinto (e, possivelmente, último) livro da série A Seleção, sendo uma continuação de A Herdeira
No livro anterior conhecemos a filha do nosso amado casal, Maxon e America, e herdeira do trono de Illéa; mas diferente do que todos esperávamos ela não agradou os fãs tanto assim, se mostrando uma garota chata e mimada. Mas, como já era de se esperar, ela amadureceu muito em A Coroa devido ao último acontecimento do livro anterior. Agora ela percebe que deve se mostrar uma verdadeira líder, talvez tão melhor quanto seus pais, que fizeram de tudo pra agradar os súditos. 
E é depois da "fuga" de seu irmão pra se casar com Camille e este probleminha do último livro que deixou o rei Maxon totalmente sem chão (estou falando assim pra evitar spoilers hehe) que Eadlyn percebe que tem de assumir o trono e que também tem que acelerar o processo de escolha de sua Seleção, mas sempre que olha para seus pais percebe o quanto seria difícil (talvez até impossível, em sua cabecinha) achar alguém perfeito e que ela amasse de verdade e ter um amor igual ao de seus pais. É também por causa disto que a autora nos mostra outro lado de Eadlyn, o sentimental, e até mesmo o verdadeiro lado dela. Eadlyn também é um ser humano, e foi exatamente por desde de criança estar sendo preparada pra comandar um país que ela acabou sendo um pouco irritante no primeiro livro, mas ela percebe o que não precisa ser assim.
Resultado de imagem para a coroa resenha
FOTO: De livro em Livro
Desde o primeiro livro um dos personagens me chamou a atenção, e é ele que acaba aparecendo mais neste livro, o que faz nos apaixonarmos por ele automaticamente.
Os selecionados também ganham mais participação aqui, e tanto Eadlyn quanto nós percebemos o quanto eles são importantes pra ela e o quanto eles a ajudam, mesmo sem perceber. O que acaba tornando sua escolha mais complicada.

Pra mim, a parte mais chata do livro foi o final, mas não estou falando do que aconteceu no final, não, estou falando da falta de um epílogo melhor, da falta de uma conclusão que nos deixasse sabendo se aquilo deu certo mesmo (o que é claro que sim), e o futuro que eles tiveram. Senti falta disso. No final de A Escolha tivemos um epílogo muito fofo, que até nos deixou com anseio de algo também, mas que nos deu a entender que futuro tiveram, sabe?!
Eu acho que Kile foi um dos personagens que mais encantou as leitoras em A Herdeira, e creio que todas nós torcemos por ele no primeiro livro, mas neste eu achei ele (e talvez até o romance deles) um pouco forçado demais, tanto é que uma das decisões de Eadlyn acaba nos mostrando um pouco disso (talvez seja até imperceptível). Também achei um pouco chato a pouca participação de Maxon e América, mas por certo lado nós entendemos.
Comparando com todos os livros anteriores este com toda absoluta certeza foi o mais curto e mais corrido (ok, certa parte a gente entende). Mas acho que dava pra correr menos.





Se inscrevam:

Você também vai amar:

1 comentários

  1. Pois é, eu também achei que de A coroa acabou de uma forma meio abrupta, o que deixou o final com cara de "incompleto" ou sei lá... Mas apesar de tudo eu gostei bastante do livro, e isso me surpreendeu muito, já que eu não tinha gostado tanto assim de A herdeira.

    ResponderExcluir



Subscribe